Direitos das mulheres em debate no Museu Municipal

Dentro das comemorações do Mês em Homenagem às Mulheres, o Museu Municipal de Varginha recebeu na última sexta-feira (22/03) a exibição do documentário “Silêncio das Inocentes”. A iniciativa, que contou com um público de cerca de 40 pessoas, foi do projeto CinePET, dos alunos do Programa de Educação Tutorial (PET – BICE) da Unifal – MG.

Para comentar o documentário foram convidadas integrantes do Coletivo FPV (Feminismo Popular de Varginha). Elas discutiram sobre a aplicação da Lei nº 11.340/2006, popularmente conhecida como Lei Maria da Penha, e trouxeram relatos de mulheres vítimas da violência doméstica.

De acordo com o diretor do Museu Municipal, Apoliano Rios, “o debate foi muito rico e trouxe reflexões importantes e que devemos colocar na prática para garantir a igualdade entre homens e mulheres”.

Para Marilaine Rabelo, integrante do Coletivo FPV (Feminismo Popular de Varginha), há pessoas que entendem que a responsabilidade pela mulher apanhar é dela mesma, mas não entendem todo o processo social e cultural em que estamos submersos. “Até muito pouco tempo era normal o homem bater na sua esposa, já que ela era considerada propriedade dele. Não tem nem 100 anos que conquistamos o direito do voto, que significa o direito à cidadania. O documentário é muito forte, pois são relatos de mulheres que sobreviveram e conquistaram esta independência”, relata Marilaine Rabelo.