Biblioteca Pública, Capacitação, Institucional, Patrimônio Cultural | 15.10.15

Fundação Cultural cria Biblioteca do Patrimônio Cultural

A Fundação Cultural do Município de Varginha está estruturando a 1ª Biblioteca do Sul de Minas especializada em Patrimônio Cultural. A iniciativa começou a partir do projeto da “FLIV”- Feira Literária de Varginha, que aconteceu entre os dias 06 a 10 de outubro no Theatro Capitólio e da constatação que a cidade necessita de maiores fontes de pesquisas e livros que tratem de assuntos relativos ao patrimônio cultural, arquitetura, artes, história de Minas e do Brasil, analisados por autores conceituados.

Dentro dessa linha, é fundamental fornecer subsídios aos profissionais do Núcleo de Arquitetura e História da Fundação Cultural e CODEPAC- Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural de Varginha, uma vez que a equipe desenvolve trabalhos durante todo o ano referentes a processos e dossiês técnicos de tombamento e inventários e realizam pesquisas históricas sobre a cidade, seus costumes, seu povo e sua arquitetura, que são estruturados para registro no IEPHA- Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais.

É uma pesquisa constante, em que o resultado do material coletado é disponibilizado para as futuras gerações e demanda um alto grau de conhecimento e discernimento das várias interpretações que a história se apresenta. A pesquisa baseia-se fundamentalmente em documentos, depoimentos e nos livros.

Sendo assim, a Fundação Cultural acaba de adquirir a primeira remessa de 30 livros técnicos vindos da conceituada Livraria Cultura de São Paulo, que ajudarão a entender os detalhes da construção arquitetônica em seus vários períodos, bem como a histórica de uma cidade. Uma segunda remessa de livros irá complementar a biblioteca para o enriquecimento do acervo.

Dentre os títulos que chegaram estão: “História Privada no Brasil”; “História Antiga de Minas Gerais”; “Barroco, A Arquitetura e a Cidade nos Séc.XVII e Séc.XVIII”, “Arte Sacra Colonial- Barroco Memória Viva”, “Arquitetura Contemporânea no Brasil” e “Dicionário do Folclore Brasileiro”.

Após a reforma da antiga Estação Ferroviária, que está em andamento, será inaugurado um espaço na sala do CODEPAC, destinado à “Biblioteca do Conhecimento”. No local também será possível o acesso aos dossiês revisados dos imóveis tombados de Varginha e cópias de antigos livros e revistas sobre a cidade. O objetivo será também o de incrementar a pesquisa in loco de estudantes na área de Arquitetura, História e Artes da região.