Agenda, Cidade Criativa, Corredor Cultural, Institucional | 24.11.15

Fundação Cultural de Varginha inaugura Corredor Cultural

Em 21 de setembro de 1998, o então prefeito Antônio Silva, em seu 2º mandato, encaminhou ao presidente do Codepac, cargo ocupado à época pelo Prof. Francisco Graça de Moura, um ofício no qual sugeria a transformação da antiga estação ferroviária e seu entorno em um grande centro de eventos culturais. Por falta de recursos naquele tempo, a ideia não pôde ser concretizada.

Dezessete anos depois, o sonho do prefeito Antônio Silva e do diretor superintendente da Fundação Cultural, Prof. Francisco Graça de Moura se torna realidade, com a inauguração do tão esperado Corredor Cultural no último dia 19 de novembro.

A inauguração contou com a presença de diversas autoridades, como o Prefeito Antônio Silva, vereadores, secretários de governo, além de jornalistas, empresários, servidores municipais e membros da comunidade. O evento teve ainda a belíssima apresentação musical do Grupo de Choro “Brasileirinhos”, na plataforma da Antiga Estação Ferroviária.

Na sexta, dia 22, o Corredor recebeu seu 1º evento com as comemorações pelo Dia da Consciência Negra, com Missa dos Quilombos, roda de samba, shows musicais e barracas de comidas típicas.

No sábado aconteceu no espaço a Feira do Programa de Empreendedorismo das Escolas Públicas Municipais em parceria com o SEBRAE MG e ainda a Inauguração do Centro de Formação Tecnológica, que contará com moderno laboratório de informática a ser utilizado como ferramenta auxiliar no processo de construção do conhecimento de professores, alunos e comunidade local. O espaço terá ainda sala de coordenação, recepção, área para lanches e 2 banheiros, sendo um acessível para deficientes físicos e/ou pessoas com mobilidade reduzida.

O Corredor Cultural de Varginha abrigará também os seguintes projetos, empreendimentos e ações:

1) As duas Feiras Anuais de Economia Criativa, das quais participam cerca de 120 artesãos e 130 artistas pertencentes às bandas, corais e grupos folclóricos e de dança de rua; além dos artesãos que se apresentam individualmente nas 40 exposições individuais no Foyer Aurélia Rubião, realizadas durante o ano e 20 representantes do projeto Culinária na Praça;

2) O Sabadão Cultural, realizado no último sábado do mês, das 9 às 18 horas, com a apresentação e participação de expositores e produtores de todas as manifestações artísticas e culturais;

3) O Quinta da Boa Música, projeto executado todas as quintas feiras com a apresentação de bandas e cantores de Varginha e convidados especiais de outras cidades da região;

4) O Projeto Culinária na Praça, com a participação de nomes de destaque e conceito no setor da culinária típica local, regional e mineira;

5) Concertos Sinfônicos, no período natalino, com a apresentação de renomadas orquestras sinfônicas de Minas Gerais e São Paulo;

6) Apresentação de 10/12 a 06/01, todo ano, das Folias de Reis do Município;

7) A Feira Literária de Varginha – FLIV e

8) O Centro de Formação Tecnológica.

De acordo com o Diretor Superintendente da Fundação Cultural de Varginha, Prof. Francisco Graça de Moura: “Este é o primeiro Corredor Cultural instalado no espaço de uma antiga Estação Ferroviária, para apresentação de espetáculos e eventos culturais de todos os estilos (shows, feiras, exposições, concertos, etc.). Varginha finalmente terá um local favorável à propagação da cultura, que embelezará uma área antes degradada e trará grande retorno e visibilidade ao município.”

Este slideshow necessita de JavaScript.