Corredor Cultural, Institucional, Patrimônio Cultural | 10.04.17

Fundação Cultural instala réplica de placa na antiga Estação Ferroviária

Foi confeccionada e instalada uma réplica em bronze de uma antiga placa em homenagem ao engenheiro que viabilizou a construção do prédio da Estação Ferroviária de Varginha, Dr. Alcides Lins. Nascido em Ouro Preto, em 1891, diplomou-se, aos 24 anos, como engenheiro civil e minas, pela Escola de Minas de Ouro Preto. Foi engenheiro da Rede Sul Mineira de Viação e da Superintendência de Máquinas, Construções e Oficinas do Lloyd Brasileiro. Antes de se tornar prefeito da capital mineira, entrou para a vida pública quando foi engenheiro fiscal do Estado de Minas Gerais. Foi também diretor do Departamento Estadual de Viação e Obras Públicas no governo do presidente Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, quando empreendeu a construção da Estrada Belo Horizonte – Rio de Janeiro. Em novembro de 1929, é nomeado prefeito de Belo Horizonte pelo então presidente do Estado de Minas Gerais, Antônio Carlos Ribeiro de Andrada. Após deixar o cargo de prefeito, Alcides ainda foi novamente diretor da Rede Sul Mineira de Viação, secretário das Finanças de Minas Gerais, fez parte da diretoria do Departamento Nacional do Café e foi interventor federal em Minas Gerais.

No início da década de 30, os líderes da política varginhense, solicitaram ao Dr. Alcides Lins, então diretor da Estrada da Rede Sul Mineira, a construção de uma nova sede para a Estação Ferroviária, que contratou os serviços do Sr. Braz Paione (engenheiro agrimensor) e de seu irmão Armindo Paione, que executaram a obra. A construção teve influência marcante da Estação Ferroviária de Mairinque, estado de SP, projetada por Victor Dubugras em 1906. A obra marcou o início da utilização do concreto armado em Varginha.

A placa original foi retirada do prédio em algum momento anterior e não se sabe qual o paradeiro da mesma. Através de registros fotográficos, foi possível produzir uma réplica idêntica e instalar no exato local de onde foi retirada.

Dessa maneira, contribui-se para a preservação e a memória de um importante patrimônio histórico de Varginha, a antiga Estação Ferroviária, tão importante no contexto de desenvolvimento da nossa comunidade.