Institucional | 14.10.14

Projeto de Economia Criativa de Varginha consolida parcerias em BH

Dra. Regina Vieira de Faria Ferreira, Professor Francisco Graça de Moura e Dra. Adriene Maria Zenóbio FrancoNesta segunda-feira, dia 13 de outubro, o diretor-superintendente da Fundação Cultural do Município de Varginha esteve em Belo Horizonte para realizar uma reunião técnica com a senhora Regina Faria, diretora da CASA DA ECONOMIA CRIATIVA, do Sebrae/MG. O empreendimento tem o objetivo de fomentar a economia criativa por meio de cursos, oficinas e inserção mercadológica, principalmente nas áreas do design, fotografia, música, gastronomia, tecnologia da informação e design de embalagens.

A reunião formalizou uma parceria com a Casa da Economia Criativa, através do Sebrae/MG e da Gerência Regional Sul do referido órgão, para trazer para Varginha, sem nenhum custo, todos os 30 cursos que visam dar orientação para elaboração de plano de negócio, viabilização da produção cultural no mercado mineiro e nacional e melhoria no marketing dos produtos provenientes da criatividade e do talento de todos os que atuam na diversidade cultural.

No Gabinete e na entrada da sede da CASA DA ECONOMIA CRIATIVA – Belo Horizonte-MGComo resultado prático em meados de novembro haverá, em Varginha, um encontro entre as equipes técnica e operacional da Fundação Cultural de Varginha, da Casa da Economia Criativa – Sebrae/MG, Gerência Regional Sul do Sebrae, Secretaria Municipal de Educação e CDCA, para fixar as diretrizes e as estratégias para a parceria inédita e pioneira que incluirá na economia da cultura 1.000 artesãos, artistas e empreendedores culturais, sendo importante salientar que faz parte desta meta qualificar 200 jovens como empreendedores, cujo projeto será denominado de “Jovem Empreendedor”.

Com esta conquista a Fundação Cultural de Varginha torna-se a primeira instituição em Minas Gerais a implantar a economia criativa, a cultura como vertente expressiva do desenvolvimento sustentável do Município.