Aurélia Rubião

Aurélia Rubião nasceu em Varginha, sul de Minas, em 1901. Realizou formação artística não só na Escola de Belas Artes de S.Paulo, mas também frequentou cursos de mestres tradicionais da cultura artística do país. Sobressaem-se dentre eles Oscar Pereira da Silva e Henrique Vio.

Seu currículo registra significativas experiências, nas quais destacam-se prêmios em salões, exposições individuais e coletivas em São Paulo e Belo Horizonte. Sua participação na 1ª Bienal de São Paulo, em 1951 , marca um dos momentos mais relevantes em relação aos conflitos, que ela viveu, na transição entre a arte moderna e a tradicional. Mas, embora “apaixonada” pelos vermelhos de De Chirico e Miró” apresentou sempre uma pintura figurativa com “muito recato” segundo as próprias palavras da artista. (Rubião, 1983).

Ela viveu não só as experiências do oficio de artista, sobressaindo-se nas pinturas de retratos, mas também as de professora de artes nas Escolas Técnicas Federal de Belo Horizonte e de São Paulo. Aurélia morreu em São Paulo em 1987.

Skip to content