Institucional | 30.01.18

Estação do Samba retorna nesta sexta

A Fundação Cultural de Varginha confirma para esta sexta, 02/02/18 às 20h, na antiga Estação Ferroviária de Varginha, a 11ª edição do Projeto Estação do Samba, com o Grupo Roda de Samba da Escola Império da Serrinha e a participação de diversos convidados.

No repertório uma seleção de temas consagrados da história do samba raiz que fizeram sucesso nos tradicionais Carnavais.

Curiosidades sobre o Samba:

Em 20 de janeiro de 1917, “Pelo Telefone”, interpretado pelo carioca Ernesto Maria dos Santos, o Donga, foi lançado em disco pela Casa Edson, por meio do Selo Odeon. De autoria de Donga e Mauro de Almeida, a música é considerada o primeiro samba gravado no Brasil.

O samba como gênero musical surgiu no início do século XX, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), nas casas das chamadas “Tias Baianas”, migrantes da Bahia. Nessa época, o samba de roda entrou em contato com outros gêneros populares entre os cariocas, como a polca, o maxixe, o lundu e o xote, fazendo nascer um estilo singular. O ritmo se espalhou por todo o País e é hoje considerado uma das principais manifestações culturais populares brasileiras. Indiretamente, Minas Gerais participou da constituição desse estilo, já que aqui estava presente o batuque, que foi um dos precursores do samba.

O Estado também contribuiu para a evolução do gênero, pois desde as primeiras décadas do século XX, sambistas mineiros se destacaram no cenário nacional, como Ari Barroso, Geraldo Pereira e Ataúlfo Alves. Já a partir da década de 1970, ganhou destaque a sambista mineira Clara Nunes.

E a batucada segue em Minas no século XXI, com forte presença no cenário nacional do samba, por meio de nomes como Toninho Gerais, Aline Calixto e muitos outros. Atualmente, todas as regiões do Estado contam com muitos sambistas, grupos, blocos e escolas de samba de qualidade.

Rosildo Beltrão, Coordenador de Produção da Fundação Cultural de Varginha comenta que, “Varginha possui hoje um grande celeiro de excelentes e talentosos músicos e de todos os estilos, e na Roda de Samba da Serrinha não é diferente, só instrumentistas e cantores feras. Acho muito importante esta parceria da Fundação Cultural com o GRESIS para resgatar o hábito destas boas apresentações musicais. Já os equipamentos de palco, som e iluminação assim como os técnicos, tudo de primeiro nível e sem dúvida atenderá a expectativa dos músicos profissionais”. Comenta o Produtor Beltrão.

Everton Ribeiro (o Tuquinha), Presidente da Escola de Samba Império da Serrinha, afirma que: “será um honra abrirmos a temporada 2018 deste Projeto que já ganhou raiz e demonstrou grande aceitação e popularidade nas 10 edições anteriores. No repertório uma seleção de clássicos do samba de nomes consagrados que nunca deixaremos de fora como Bete Carvalho, Zeca Pagodinho, Roberto Ribeiro, Candeia, Noel Rosa, Cartola, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Demônios da Garoa, Adoniram Barbosa, Fundo de Quintal, Benito de Paula, Agepê, Bezerra de Silva, Diogo Nogueira, e muito mais. Estamos esperando diversos cantores e músicos como convidados, e queremos abrir o Projeto neste ano com chave de ouro”.  Afirmou Mestre Tuquinha.

Para o Diretor Superintendente da Fundação Cultural Leandro Acayaba, “é exatamente esta a nossa meta, viabilizarmos parcerias e apoiarmos as entidades e associações da cidade nas áreas da cultura. Queremos cada vez mais unir esforços para mantermos vivo este Projeto que sem dúvida já marcou história e vem fazendo sucesso com muita aceitação na cidade, e claro, apoiando e incentivando nossa classe musical e acima de tudo ocupando nossos espaços públicos com muita arte e com acesso gratuito para nossa população”. Afirmou Leandro Acayaba.

Os músicos e grupos de samba interessados em participar do projeto deverão, inicialmente, solicitar o cadastramento pessoalmente ou por e-mail, de segunda a sexta, no horário comercial na sede administrativa da Fundação Cultural na antiga Estação Ferroviária de Varginha, na Praça Matheus Tavares, 121, centro, telefone (35) 3690 2700.

Mais informações na Coordenadoria de Eventos com o Produtor Rosildo Beltrão pelo telefone (35) 3690 2708, ou pelo e-mail: [email protected]

Maiores detalhes: www.varginhacultural.com.br –

Contato com os músicos:

Tuquinha; (35) 9 8835 2927

Email: [email protected]