II Seminário de Patrimônio Cultural de Varginha acontece no dia 16 de setembro

O tema “Educação, Cultura e Patrimônio” será discutido no II Seminário de Patrimônio Cultural de Varginha que acontecerá na próxima quarta-feira (16/09), entre 13h e 17h. O evento será online e transmitido pelo Facebook, YouTube e site Varginha Cultural.

A iniciativa é voltada para conselheiros de patrimônio e cultura, gestores municipais, educadores, acadêmicos de engenharia, arquitetura e áreas afins e profissionais destas áreas de conhecimento não apenas de Varginha, mas de todo o país, já que o seminário terá transmissão pela internet.

Para receber o certificado de participação, os interessados devem fazer a inscrição até o dia 14 de setembro pelo link abaixo:

Dentre os objetivos do seminário estão o propósito de despertar na sociedade o interesse em preservar e valorizar o patrimônio cultural, a história e a memória, colocando-a como a verdadeira guardiã deste patrimônio; mostrar a importância do patrimônio histórico como instrumento de preservação da memória; e discutir concepções e experiências de educação patrimonial.

A mediação será feita pela arquiteta urbanista, Andreia Heloise de Souza. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (35) 3690-2718 ou pelo e-mail patrimoniocultural@fundacaoculturaldevarginha.com.br.

Programação

13h – Abertura

13h15 – Palestra: “Restauração de obras de arte no Brasil: desafios profissionais e estudos de caso” – Valéria Neno: Artista Plástica, Restauradora e Conservadora de Bens Móveis

14h – Documentário: “Patrimônio Cultural de Varginha”

14h15 – Palestra: “A preservação do patrimônio para a manutenção da identidade e memória cultural” – Anita Di Marco: Tradutora, Arquiteta e Urbanista.

15h – Palestra: “Educação patrimonial e o ensino de História: questões correlatas” – Gustavo Uchôas Guimarães: Historiador

15h45 – Lançamento do livro “Varginha-MG na República Oligárquica: atas da Câmara Municipal 1915-1916”, do historiador José Roberto Sales

16h15 – Palestra: “A importância da transcrição de documentos para a preservação da história” – José Roberto Sales: Historiador e Escritor.

17h – Encerramento

Palestrantes

Anita Di Marco: Arquiteta e urbanista pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP, 1976). Especialização em Preservação do Patrimônio Cultural (The International Center for the Study of the Preservation and Restoration of Cultural Property-ICCROM. Roma, 1982). Especialização em Tradução (Curso Daniel Brilhante de Brito. (Rio de Janeiro, 2001). Tradutora e/ou autora de centenas de artigos e mais de 30 livros de arquitetura, urbanismo, patrimônio, design e afins, dos idiomas Inglês, Italiano e Espanhol. Coautora dos livros Sala São Paulo. A revitalização da Estação Júlio Prestes (Menção honrosa na III Bienal Ibero-americana de Arquitectura y Ingenieria Civil do Chile, 2001) e A Arquitetura da música, com R.V. Zein. SP: Alter Market, 2001, 2007. Membro da Academia Varginhense de Letras, Artes e Ciências – AVLAC, cadeira nº 19, desde 2007.

Gustavo Uchôas Guimarães: Especialista em História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena – Uninter (2019). Graduação em História – Unifran (2013). Membro da APESUL (Associação de Poetas e Escritores do Sul de Minas) e do CODEPAC (Conselho Deliberativo Municipal de Varginha) desde 2019. Autor dos livros “Histórias e Culturas Indígenas na Mantiqueira e Vale do Rio Verde” (2019) e “Intimidade com a História” (2020).

Valéria Neno: Graduada em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Minas Gerias – Escola Guignard (1984). Especialização em Litografia com Lótus Lobo (1984). Especialização em Serigrafia, com Glória Lamourie (1985). Possui cursos em Restauração na Itália – Milão, Veneza e Pádova (1992). Especialização em Pinturas Especiais em Milão, Itália (1992). Especialista em afrescos do séc. XIX. Possui cursos sobre Projetos Culturais promovidos pelo Governo do Estado de MG, com Franz Manata, (1998). Possui cursos de Cenografia com Keller Veiga e João Alegria (2007). Realizou diversas restaurações em monumentos, igrejas, capelas e fazendas do sul de Minas: Restauração de molduras e afrescos do Colégio dos Santos Anjos, Varginha (1994); Restauração de afrescos da Fazenda dos Tachos, Varginha (1996 e 2001); Restauração da Capela do Colégio Marista e Sociedade Franco-Brasileira, Varginha (1997); Restauração de pinturas especiais na Capela Sagrado Coração de Jesus, Campanha (1995); Restauração e recuperação de afrescos e molduras na Fazenda Pedra Negra, Três Pontas (1995); Restaurações em Estandartes Religiosos, em Varginha, Campanha, Três Pontas e Ouro Preto( 2004 a 2018); Conservação, catalogação e transferência do acervo de arte do SESC Minas (2019); Restauração da Estátua da Deusa Vênus, Varginha(2019). Diretora de Patrimônio do Centro Cultural Oneyda Alvarenga de 1998 a 2005, associação responsável por movimentos para tombamentos e preservação de bens móveis e imóveis, que realizou diversas obras artísticas e culturais.

José Roberto Sales: Especialista em História e Construção Social do Brasil (UNINCOR, 2006), Capacitado em Gestão e Desenvolvimento Cultural (Telemig, 2004), Capacitado em Gestão de Documentos (Fundação João Pinheiro, 2001), Especialista em Saúde Pública (Escola de Saúde Pública de Minas Gerais, 1996), psicólogo clínico (PUC/MG, 1980), pedagogo (FAFI/Varginha, 1984) e presidente da Academia Varginhense de Letras, Artes e Ciências em vários mandatos. A importância do conjunto de sua obra foi reconhecida pela Library of Congress (USA) e National Library of Medicine (USA).

Deixe uma resposta