Escola Municipal Professor Wanderley Bueno de Oliveira recebe o projeto “Museu e Biblioteca vão à Escola”

Começou nesta terça-feira (12/07) o projeto “Museu e Biblioteca vão à escola” que foi idealizado pela bibliotecária Eliana Costa e pelo diretor do Municipal, Lindon Lopes, com apoio da Associação Artística Viva Cultura, Prefeitura e Varginha e Fundação Cultural. A primeira escola beneficiada foi a Escola Municipal Professor Wanderley Bueno de Oliveira no Bairro Carvalhos com apresentação do espetáculo infantil “O Planeta dos Espantalhos”.

O projeto tem um conteúdo de conhecimentos e recheado de atividades artísticas com intuito de levar a cultura em bairros mais distantes de Varginha e também complementar os conteúdos ministrados dentro das salas de aula e principalmente divulgar a importância do Museu e da Biblioteca na comunidade.

A proposta é de democratização da cultura e formação de público com uma programação de atividades com apresentações teatrais, oficinas de artes cênicas, literatura, artesanato, patrimônio cultural, desenho, cordel, e exibição de curtas metragens e sorteio de livros.

Para Lindon Lopes, diretor do Museu, existe a proposta de capacitar os professores para se tornarem multiplicadores junto aos alunos e a comunidade escolar. Tudo isso para conscientizar as crianças sobre a importância da valorização e preservação destes patrimônios e da relevância do Museu como guardião da memória.

Eliana Costa, bibliotecária, afirma que o gosto de ler é um ato valioso para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional, pois uma biblioteca viva e atuante é um meio pelo qual podemos ter acesso a informações e, com elas buscar melhorias para ampliar os conhecimentos, que além de ser envolvente a leitura expande nossas referências e estimula ainda mais a criatividade para saltar a imaginação, onde emociona e causa impacto, mudando sua vida preparando para os estudos, e para a vida.

O presidente da Associação Artística Viva Cultura Marcos Misael diz que a cultura é um importante meio de obtenção do conhecimento e mantém estreita relação com a educação. Por isso, ela é uma indispensável política pública e deve estar presente nos principais pontos da cidade, principalmente nos bairros mais distantes do município, onde as pessoas necessitam destas atividades.

Deixe um comentário