Agenda, Estação Ferroviária, Quinta da Boa Música | 15.06.18

Quinta da Boa Música e Sexta do Samba: dois dias de Festa Junina!

Na próxima quinta e sexta-feira (21 e 22/06), a 311ª edição do projeto Quinta da Boa Música e a 14ª edição do projeto Estação do Samba trarão os ritmos juninos, além de ter decoração e comidas típicas. A festa começará um pouco mais cedo, às 19h, nos dois dias.

Na quinta-feira, o show será embalado por Cabelinho e o Circo da Lua que vem da cidade de Lavras para agitar o público. O grupo criado há mais de três anos é um verdadeiro show de música e dança para não deixar ninguém parado. O repertório vai aquecer o público com covers e autorais do tradicional forró e reggae.

Na sexta-feira, será a vez do Sambalanço animar o arraiá com MPB, forró e frevo. Com 42 anos de história, é considerado o grupo mais antigo de Varginha. Este ano, ele já embalou a estação no 2º Grito de Carnaval do Quinta da Boa Música.

De acordo com Leandro Acayaba, diretor superintendente da Fundação Cultural, a equipe de produção dos projetos fez uma pesquisa nas redes sociais sobre a temática da festa e teve grande aceitação junto ao público. “Ficamos impressionados ao ver o quanto as pessoas ficaram animadas! Elas já estão se organizando para vir a caráter nos dois dias. Estamos preparando uma decoração especial para que tudo fique perfeito e traga este clima de festa junina”, afirma o diretor.

Conheça as bandas

Cabelinho e o Circo da Lua: a banda já participou de diversos eventos e atuou nos principais espaços da região, inclusive abertura em shows de Falamansa, Rastapé e Chama Chuva.

Pela segunda vez no Quinta da Boa Música, a banda é formada por Cabelinho da Lua, na voz e violão; Estevam Transa, no violino (viola de arco); Paulo Curió, na zambumba; e Robson, Rúbia e Endrigo fazem a percussão.

Sambalanço: o grupo foi criado em 1976 pelo conhecido músico varginhense Dinho Batistão. A primeira apresentação foi no dia 19 de janeiro de 70, no restaurante Tigrão, muito frequentado pela sociedade da época e primeira casa a apresentar música ao vivo em Varginha.

Na formação, o multi-instrumentista e professor Dinho Batistão na guitarra, teclado e voz; Fátima Bertola, no violão e voz; Valtinho Vieira na bateria, percussão e voz; e Marquinho Ferreira, na percussão e voz. Nos metais, a participação dos instrumentistas e Professores do Cemva Mauricio José de Souza, no trombone; Wilson Silva no sax-alto; Ricardo Albinatti no sax-tenor; Rocival Alves no sax-barítono e participação especial do Músico e produtor Rosildo Beltrão, no trompete.